(Des)orientação

Sou só eu que só consigo seguir um mapa se ele estiver absolutamente virado para a orientação que eu quero?

Confesso que a minha relação com a esquerda e a direita sempre foi frágil e ligeiramente disléxica. E que tenho o sentido de orientação de um pano amarelo da loiça. E que para ir de A a B tenho de seguir sempre o mesmo ritual logístico:
Onde estamos? Aqui.
Onde queremos ir? Ali.
Então ponho-me de frente para a rua na direcção que quero ir, tipo eh toiro lindo, e depois vejo se a rua está a descer ou a subir no mapa, pego no bicho e automaticamente ponho-o orientado de acordo, seja virado de lado, de pernas para o ar, na diagonal ou a fazer o pino.
A sério, admiro aquelas pessoas que têm dons naturais para ser escoteiros-mirins e conseguem orientar-se a subir e descer ruas sem andar à roda com o mapa.
E que, de forma sobrenatural, conseguem desdobrar o mapa e depois voltar a dobrá-lo correctamente pelos vincos.
E que depois dizem coisas tipo “ali é o Norte, porque o rio está a Sul, logo temos de ir para Este” e aí já me perderam há bués.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s