Conversas sonâmbulas

Ele, do nada: Esses remédios são para as pessoas pequenas que vivem aqui?
Eu: Hã?
Ele: Ai, não ouviste à primeira?
Eu: Quais pessoas pequenas?
Ele: Olha, só te explico isto uma única vez: primeiro arrumas a loiça grande, depois arrumas a loiça intermédia, depois arrumas a loiça pequena.
Eu: Mas qual loiça…?!
Ele, já exaltado: NÃO ME DIGAS QUE NÃO PERCEBESTE! Primeiro a loiça grande…
Eu: …Mas estás parvo?! O que é que…
Ele:…Olha, desisto… isso que tens na mão é uma gaveta? Estás em arrumações, não é?
Eu: Isto é uma caixa de remédios. Não percebo se estás a gozar ou…
Ele:… Ia jurar que era uma gaveta, mas tudo bem, posso estar confuso. ZzzzZzzzz.

Este diálogo desnexo aconteceu hoje às 3h da manhã entre uma Bumba perfeitamente consciente e o seu namorado em perfeito estado de sonambulismo.
Não sei se ache isto extremamente divertido ou extremamente creepy.
Só sei que se eu quisesse este tipo de ralações a meio da madrugada já tinha tido filhos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s