Aquelas coisas chatas de tomar a pílula

1. Quando calhamos ser aquela 1 “em cada 1000 mulheres” que sofre da infindável lista de efeitos secundários que lá vêm, muitas vezes incompatíveis entre si (alterações bruscas de humor + risco de depressão + aumento da libido – imaginem lá o ogre em que isto nos transforma)

2. Quando nos esquecemos de tomar 1 dia e para compensar tomamos 2 comprimidos seguidos, apesar de sabermos que não faz diferença nenhuma mas fingir demência reconforta-nos

3. Quando nos esquecemos de tomar mais do que 2 dias seguidos e o pânico assola-nos e começamos a somatizar loucamente, e de repente é como se já sentíssemos a barriga 3 vezes maior e pequenas pontadas que só podem ser pontapés do pequeno Nenuco que temos a certeza que já se formou enquanto dormíamos (pés, cabelos, chucha, babete, tudo)

4. Dito rápido nem a mulher com melhor dicção do mundo consegue evitar que pareça “tomar a pila”.

5. Quando aquilo tem vida própria e às vezes sai disparado da vinheta e ao cair camufla-se com o chão e com os móveis e é impossível encontrá-la, e depois temos de tomar a quinta-feira apesar de ser quarta e isso lixa-nos a sequência da semana e mexe profundamente com o centro nevrálgico do nosso inner OCD para o resto do mês.

Anúncios

One Comment Add yours

  1. Essa última acontece-me só “sempre”. Normalmente o comprimidinho rebola até um canto da casa que eu nem sabia que existia e raras vezes consigo alcançar. O que resulta no tópico 2.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s