Os 10 barretes que dizemos sobre a EMEL

Aqueles mentiras que dizemos a nós próprios sobre a EMEL quando não temos outra hipótese senão estacionar mal e queremos ficar de consciência tranquila:

1. “Isto só está metade errado porque são só duas rodas em cima do passeio”.

Porque é sabido que a EMEL se compadece e multa só meio carro.

2. “Eles só costumam vir de manhã.”

Porque é mais fácil fingir demência e mandar estes palpites aleatórios do que pensar realisticamente.

3. “Há carros aqui que estão muito pior:”

Porque claro que o facto de haver delitos piores torna o meu muito menos mau, e até digno de comiseração.

4. “E qualquer coisa também estou aqui ao lado.”

Porque é extremamente viável e produtivo estar a fazer piscinas de 5 em 5 minutos a espreitar se está tudo OK. Aliás, se o carro estiver para ser bloqueado nós como donos vamos certamente “pressentir.” Como acontece entre gémeos e mães e filhos.

5. “Como hoje está a chover eles não trabalham.”

Porque é prática comum da sociedade cessar o que está a fazer assim que o primeiro aguaceiro toca no chão. O mundo inteiro, aliás, tira férias durante o Inverno à conta disto.

6. “Não é preciso pagar as multas porque a EMEL não tem força de lei.”

Porque é o rumor que corre por aí, mas depois disto segue-se uma discussão interminável em que alguém tem sempre um amigo que tem 10000 euros em multas e nunca lhe aconteceu nada e alguém que tem sempre um amigo que foi obrigado a pagar tudo em atraso porque senão ia recambiando para Sona, do Prison Break. 4h depois, ficamos todos na mesma.

7.”Vou só pôr 50 cêntimos para safar.”

Porque quem sabe se hoje, por alguma razão, não trabalho só 20 minutos. Quem sabe o futuro, quanto mais daqui a 20mins?

8. “Só precisas de pagar as vermelhas, as amarelas não.”

Porque em termos organizacionais faz todo o sentido que as amarelas sejam o “vou contar até 3” das mães e as vermelhas o tau-tau a sério.

9. “Não vou pagar esta multa porque nada lhes garante que este envelope não voou com o vento ou se desfez em pasta de papel com a chuva. Não sabem se recebi. Nem sabem quem eu sou. Se tecnicamente não fizer contacto visual com a multa, não conta.”

Porque as pessoas que pensam isto são as mesmas que, sempre que estão prestes a fazer merda, invocam argumentos cáusticos do estilo “sabes lá se o mundo não acaba amanhã!”

10.”Se puseres ticket eles não bloqueiam.”

Porque nos mandamentos da EMEL está lá escrito: “Haja um ticket de parquímetro, seja ele de que data for, antes ou depois de Cristo, e não bloquearás o carro alheio. Não é fixe, meu.”

_

Malta, acho que precisamos todos de repetir isto ao espelho: os gajos da EMEL têm um parquímetro no lugar do coração, a sensação de poder que é rabiscar talões e envelopá-los por cores dá-lhes prazer anal, estão-se bem borrifando para os nossos raciocínios ilógicos e não, não há nada que possamos fazer quanto a isso.

Ninguém disse que isto de viver ia ser fácil.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s