Os Estrategas do boletim Euromilhões

Acho sempre de máximo interesse ouvir as várias conversas na fila para jogar o Euromilhões. Cada um com a sua teoria sobre como é mais “provável” ganharem o grande prémio. Parecem filósofos a jogar à Linda Falua.

Filósofos porquê? Porque revestem as suas teorias de uma complexidade cósmica – há quem penda para as leis da probabilidade matemática, há os adeptos da teoria do caos, há quem invoque as fases da lua, do ciclo menstrual, do Ano Novo chinês. Arrisco dizer que enumerá-las a todas resultaria num best-seller, ao estilo Euromilhões for Dummies.

Linda Falua porquê? Porque não há nada mais infantil do que este exercício, o de encontrar conforto em sonhos quase-quase-impossíveis-mas-sei lá-nunca-se-sabe. E contra mim falo, que perante o grande monstro que é a improbabilidade estatística também teorizo sobre o inteorizável. Gosto de achar que jogo os números de forma pensada, “estratégica”, qual John Nash, apesar de não saber muito bem o que é que isso fez por mim até agora, e nem sequer saber muito bem o que é que significa. O que sei, bem demais, é que o saldo entre o que invisto e o que ganho tem um sinal de menos tão expressivo que parece um hífen, a puxar para o travessão. Ri-se de mim.

Serve o presente artigo, portanto, para pararmos de fingir demência, sermos corajosos e verbalizarmos de uma vez: NÃO HÁ TRUQUES PARA GANHAR O EUROMILHÕES. Não há. Párem com isso. É absurdo achar que a probabilidade é maior jogando os mesmos números sempre. Ou que jogar as datas de nascimento de entes queridos é que é um tiro certeiro. Ainda há pouco na fila ouvi um senhor de gabardine, bem apessoado e com ares de Director Financeiro de cenas, a comentar alto para quem quisesse ouvir: “Epá, o segredo é nem ver os números.” O segredo? Oi? Mas QUAL SEGREDO? Acaso se trata de algum pacto maléfico com a família Soprano, para ameaçarem de morte o mindinho dos indivíduos que operam a roleta?

Mas a teorização faz parte do ritual. Da mesma forma que, dê por onde der, há sempre um ladrão de oxigénio na fila que quer destruir os sonhos dos demais e resolve dizer alto: “sabes que é mais provável seres atingido por um raio do que ganhares o Euromilhões?” Esse gajo é baleado em pensamento pela fila inteira. Mesmo com 18 pares de olhos assassinos vidrados nele, o Desmancha-Prazeres volta lá sempre na terça ou sexta-feira seguinte, acompanhante de um sonhador, só pelo prazer de destruir esperança.

E há mais coisas más: ao jogarmos no Euromilhões, o facto de imaginarmos o que faríamos com aquela barbaridade de zeros só torna a realidade muito mais dura e cruel depois do sorteio. O emprego continua lá para nos ajudar a comprar sonhos mas não, naquela semana já não vamos poder comprar a empresa e fazer um flashmob com os colegas quando inaugurarmos o parque de insufláveis construído em seu lugar. Pena.

Começamos logo a pensar de forma obsessiva, demoníaca até, nos amigos que temos e até que ponto continuariam a ser nossos amigos só pelo dinheiro. Ou a quem é que contaríamos, para não gerar intrigas. Ou a quem é que doaríamos parte, para não sermos injustos. Na realidade, ainda nem saiu o sorteio e já nos chateámos mentalmente com meio mundo e acusámos o outro meio de traição. É “dinheiro tóxico”, diz o meu pai, e acho que tem razão.

Mas pelo sim pelo não hoje joguei 4,17,23,39,25 e 5 e 6 nas estrelas. Na minha cabeça já coreografei o flashmob. São sonhos quase-quase-impossíveis-mas-sei lá-nunca-se-sabe.

Anúncios

2 Comments Add yours

  1. Margarida diz:

    Já eu gosto de pensar que no dia em que jogar, vou ganhar. Talvez por isso nunca tenha feito tal coisa!

    1. Charlie Brown diz:

      Troco o 17 pelo 15(dia de aniversário) e o 6 pelo 7(numero de vida) o resto vou deixar e jogar com esta chave para sempre!!

      Quando ganhar avisa-me 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s